sábado, 13 de novembro de 2010

Minha relação com borboletas

Preciso confessar: Bem antes, muitíssimo antes, de eu considerar a cirurgia já possuia ligações íntimas com nossas amigas farfallas.

Penso que tenha começado quando era bem pequinininha e as capturava para brincar, sempre ouvia alguém me advertindo que o 'pózinho' de suas asas me deixaria cega se esfregasse nos olhos. Verdade ou mentira, comecei a ter um certo receio da bichinha.

Mais tarde, aos sete anos, muito mas muito fãzoca de Mara Maravilha (é, assumi!), participei de um de seus programas fantasiada de ... adivinhem? BORBOLETINHA. huheuhehue É, meu passado me condena. Fui borboletinha da Mara por um dia.

A partir daí estava assinada minha sina.

Os anos se passaram e passei a me identificar com a alcunha horas borboleta, horas brabuleta mesmo. Meus amigos passaram a me reconhecer dessa forma também. Prova disso é que tenho vários e-mails e antigos blogs aludindo ao fato.

Agora elas voltaram, na forma de uma cirurgia que revolucionará minha vida. E estou feliz, decididamente quero que voltem!

Minhas eternas amigas borboletas, voltarei a ser uma de vocês. Aguardem!

Beijos e queijos (lights)

Nenhum comentário:

Postar um comentário